Como aumentar a segurança da portaria?

A segurança da portaria é um fator muito importante para uma empresa ou condomínio. É o local de acesso de funcionários, visitantes e prestadores de serviços, entre outros. Por este motivo, é considerada a linha de frente da empresa que garante a segurança de todos que nela trabalham e, até mesmo, destas pessoas que são atendidas.

Por este motivo, é essencial contar com algumas dicas importantes para manter a segurança da empresa, principalmente na forma e modo de comportamento dos profissionais, afinal de contas, é a linha de frente da empresa que garante que todos que entrem sejam identificados e assessorados e que, ao sair, sejam igualmente bem tratados.

Para começar, a simpatia e o bom humor são essenciais para qualificar o ótimo serviço prestado. Ter o sorriso estampando no rosto e cumprimentar cordialmente a todos, independentemente da posição social e da função que exerça na empresa.

O ideal também é que todos que trabalham na portaria de empresas tenham uma forma de conduta praticamente igual. Ou seja, as regras devem ser passadas e repassadas aos profissionais, tornando-as uma cartilha da rotina de trabalho.

 

Outro fator de extrema importância para os profissionais de portaria de empresas e condomínios, é a discrição no ambiente de trabalho e, principalmente, fora dele. É essencial que este profissional preze pela segurança de todos e não discuta ou converse sobre sua rotina de trabalho, como o que faz, o horário que trabalha e, até mesmo, onde trabalha.

Além de estar atento ao posto de trabalho, com o acesso apenas a pessoas autorizadas, um porteiro deve estar atendo à movimentação externa, garantindo assim a segurança e o bem-estar de quem entra e sai da empresa.

Outra norma ideal é que qualquer um que chegar com objetivos de prestação de serviços ou encomendas deve preencher um formulário para identificação posterior ou o funcionário da recepção deve comunicar aos superiores para virem receber ou eles receberem mesmo com aviso prévio. Caso for exigida a entrada da pessoa, identifica-la com um crachá fornecido nessa portaria.

Estas dicas são essenciais para manter a segurança do acesso à empresa ou condomínio. Por isso, todos os funcionários da portaria devem ser bem orientados para ter total cuidado e vigilância com as pessoas antes de entrarem no ambiente.

A maioria das dicas abaixo de segurança segue as recomendações da Polícia Civil do Paraná:

  • Esperar os portões eletrônicos serem fechados antes de entrar ou sair com o carro;
  • Permitir que o porteiro ligue a cada visita;
  • Não dar a chave a outras pessoas;
  • Deixar luzes acessas à noite;
  • Não deixar que entre uma pessoa que se diz amiga ou parente de seu vizinho, pois você não sabe se é verdade;
  • Não abrir para pessoas uniformizadas que se identificarem como sendo de uma empresa se esta não tiver sido requisitada;
  • Não permitir que um carro entre com os vidros escuros levantados, pois pode ser um morador mantido refém que dá acesso a todo o condomínio aos bandidos;
  • Prestadores de serviços devem ser identificados com crachá e a entrada permitida somente pelo porteiro ou zelador após a apresentação da identificação;
  • Crachás a visitantes também evita enganos e ampliam a segurança;
  • Funcionários dos condomínios não devem receber visitas no local de trabalho nem vazar informações de condôminos;
  • No horário de entrada e saída de funcionários, fragmentar a movimentação. A saída de um funcionário por vez é a ideal para impedir que bandidos se aproveitem da liberação dos portões nesses momentos;
  • Não permitir a entrada de entregadores, eles devem deixar a encomenda na portaria, que deve ser retirada lá pelo morador;
  • Quem fizer a limpeza externa do condomínio jamais deve estar com as chaves e os portões devem ficar fechados, inclusive, durante a retirada de lixo;
  • Moradores e funcionários devem observar as proximidades antes de abrir os portões para evitar que pessoas suspeitas se aproveitem desse momento e entrem;
  • Imobiliárias que quiserem apresentar um imóvel devem ser previamente cadastradas;
  • Árvores, lixeiras e outros obstáculos próximos a muros e cercas diminuem a segurança ao servirem de degrau;
  • Muros altos são mais eficazes para impedir a visualização da rotina interna dos moradores;
  • A sala de gravação não deve ser acessível aos funcionários do condomínio para que esses não sejam obrigados a entregar as gravações do crime;
  • As guaritas dos porteiros devem ser seguras e isoladas, nunca com acesso direto da rua. E todos os portões devem estar visíveis dela;
  • Vigilantes armados podem também representar perigo, se mal treinados ou mal-intencionados.

Por mais equipamentos tecnológicos de segurança que a empresa ou condomínio tiver, ele não estará seguro se os moradores e os funcionários não seguirem esses passos básicos de segurança.

A Poliservice lembra: é dos pequenos momentos que os bandidos se aproveitam para invadir sua privacidade. Então não abra exceções, nem quando estiver com pressa.

Confira nossos serviços disponíveis de segurança e entre em contato: http://www.poliserviceservicos.com.br/servicos/seguranca-patrimonial/

Fonte: www.sindiconet.com.br / Polícia Civil do PR