A importância da conservação e limpeza de móveis, espelhos e vidros em geral

Dicas para limpeza de móveis de casas e empresas

Os móveis são elementos importantes em nossas vidas, pois ajudam na ergonomia do dia a dia, facilitando tarefas diárias. Nas residências proporcionam conforto e qualidade de vida e, em empresas, passam um pouco da imagem do estabelecimento.

Conservá-los bem manterá a sua boa aparência e prolongará a vida útil dos mesmos, o que é muito importante em relação ao custo/benefício dos recursos que foram investidos e também para o meio ambiente, pois desta forma menos matéria-prima será necessária. Além disso, móveis bem cuidados passam a sensação de limpeza e organização, o que, certamente, somará positivamente para sua empresa.

Confira algumas dicas da Poliservice e ponha em prática hoje mesmo:

  • Tipo de acabamento do móvel

A forma de conservar está diretamente relacionada com o tipo de acabamento e de material que foi usado na fabricação do móvel, assim é importante identificar a matéria-prima empregada. É fundamental saber que tipo de acabamento foi usado no móvel antes de proceder a conservação.

  • Poeira

Deve-se começar tirando a poeira cuidadosamente com um pano seco ou espanador, para que não haja o perigo do pó sob a pressão e movimento do pano arranhar a superfície.

  • Água

Móveis e umidade não são amigos! É verdade que existem móveis especialmente construídos para a exposição à umidade, como os móveis para jardim e os móveis náuticos, mas para maior durabilidade dos móveis mais comuns que são os destinados ao uso interno é muito importante manter a água bem longe. Água em excesso sempre danifica os móveis de madeira e os fabricados em aço podem oxidar em contato com ela. Durante a limpeza é muito importante não deixar acumular água especialmente nos cantos evitando infiltrações.

  • Produtos abrasivos

Jamais utilizar produtos ponte agudos ou abrasivos durante a limpeza, como espojas de aço ou saponáceos, pois eles podem provocar riscos no acabamento.

  • Cera e lustra-móveis

A cera e o tradicional Lustra-Móveis dão uma aparência renovada ao móvel além de deixar um cheirinho gostoso. Porém ao se optar em usá-los deve-se levar em conta que a sua presença sobre o acabamento pode dificultar posteriormente uma eventual repintura do móvel, pois eles podem reagir quimicamente com os produtos de pintura que forem empregados.

  • Panos

Panos usados na limpeza doméstica geral podem conter partículas abrasivas e riscar o acabamento. É recomendável usar panos novos ou que sejam destinados exclusivamente para este fim. As flanelas são boas por serem mais macias.

O que não se deve utilizar:

  • Detergentes não neutros, limpadores instantâneos, produtos de limpeza de fornos ou à base de amônia e saponáceo. Estes produtos químicos que podem danificar o acabamento dos móveis.
  • Esponjas duras, ásperas e palhas de aço. Elas podem riscar e danificar os móveis.
  • Lustra-móveis coloridos ou cera: podem deixar resíduos, causando manchas no móvel.
  • Pano de louça: pode conter resíduos abrasivos.
  • Pano encharcado: o acúmulo de água, especialmente nos cantos, causa danos ao móvel.
  • Pano seco é bom ser evitado, pois com o tempo desgasta o móvel. Caso seja empregado fazer pouca pressão.

E caso de manchas difíceis ou danos maiores, o melhor a fazer é chamar uma empresa profissional, para que não haja riscos de danificar o material do móvel.

Solicite um orçamento sem compromisso e deixe o trabalho sujo com a Poliservice: http://www.poliserviceservicos.com.br/contato/

Fonte: Revista Vida Simples